Atriz do ‘Teste de Fidelidade’ acusa RedeTV! de calote e denuncia suposto esquema de prostituição na emissora

Priscila Vilela acusa RedeTV! de calote e denuncia suposto esquema de prostituição na emissora - Créditos: Reprodução/YouTube

A atriz Priscila Vilela, de 24 anos, que participou do Teste de Fidelidade — um dos quadros do programa liderado pelo apresentador João Kléber — no último dia 14 de julho, denunciou um suposto esquema de prostituição na RedeTV!.

Em um vídeo postado pela modelo no YouTube, no último domingo (4), a jovem acusa a emissora de não ter recebido o cachê prometido por ter se recusado a sair com o diretor da atração.

“Eu sei muito bem porque o diretor não quis me pagar. É porque eu não aceitei fazer o teste do sofá. Ele me falou que já pegou todas as ‘sedutoras’”, afirmou.

Em outro trecho do vídeo, ela diz que o quadro é “gravado como uma novela”:

“Aquilo ali não é câmera escondida. É uma novela. A câmera na sua cara […] É claro que é armado. Eu fiquei amiga do testado, para você ter uma noção”, disse a modelo no vídeo.

ASSISTA AO VÍDEO

Priscila diz que a emissora dá preferência para modelos que além de atuar no programa, aceitam se prostituir. Segundo a jovem, a produção classifica as garotas como “ficha rosa”.

Mais adiante, no vídeo, ela diz que o diretor pediu para que ela retire todos os comentários e o vídeo do ar para receber o cachê.

Em comunicado, a emissora nega que haja qualquer “esquema” e diz que repudia a postura da artista. A produção informou que Priscila recebeu o cachê, e que possuem um recibo assinado pela jovem. A RedeTV! afirmou ainda que tomará “as medidas judiciais cabíveis”.